sexta-feira, 30 de julho de 2010

Divagação

Algumas coisas que aconteceram nessas últimas semanas me fizeram refletir o que um amigo me disse: "Não adianta ajudar quem não quer ser ajudado". Não que eu não soubesse disso, mas tem momentos que determinados conceitos nos elucidam melhor. Até podemos pensar que isso é uma maneira de justificar a falta de vontade de ajudar alguém, mas, não é a isso que eu me refiro. Eu falo justamente quando empreendemos esforços para dar um help para alguém e essa pessoa não está com a mínima vontade de sair da situação de penumbra em que se encontra. É como se a pessoa gostasse de sua frustração, se regozijasse com isso. Na verdade, acho que todos nós temos esses momentos, é muito fácil falar dos outros também. Entretanto, esse comportamento suga muito quem está em volta tentando ajudar. Nessas horas, o amor próprio é uma bênção.

Como já é de praxe, finalizo a postagem com alguma manifestação artística que tenha a ver com o que foi dito. É uma parte do show do Teatro Mágico, que foi gravado em DVD. Chama-se INSETOS INTERIORES. Perfeito.

3 comentários:

  1. Muitos tem a mania de querer ajudar quem não pede ajuda, se antecipar à necessidade do outro de pedir um conselho. Também sou assim, ou era, agora estou mais "controlada". Tem determinadas situações que a pessoa tem que passar, faz parte do aprendizado, do amadurecimento, não adianta tentarmos "impedir". Beijos pra ti.

    ResponderExcluir
  2. É meu velho ... concordo com a Daniela aí em cima. Todos nós temos uma empatia para aprender com o erro dos outros. Mas certas coisas só se aprende passando. Felizmente e infelizmente é assim. Que chato seria se aprendessemos sempre com os erros dos outros. Com certeza estaríamos numa sociedade muito mais avançada nas relações sociais ... mas será que a vida teria alguma aventura (Acho que tu entende o que eu to falando)? Um abraço por trás.

    ResponderExcluir
  3. Perfeitos comentários. Sem mais, hehehe.

    ResponderExcluir